VASCO PERDE PARA O ATLÉTICO-PR EM CURITIBA: 2 A 0

Sábado, 06/06/2015 - 23:54


Mais uma vez fazendo sua parte na Arena da Baixada, onde segue com 100% de aproveitamento e sem tomar gols, o Atlético Paranaense aproveitou os desfalques do Vasco da Gama para vencer por 2 a 0 e seguir na liderança do Campeonato Brasileiro 2015. Com 15 pontos ganhos, o Rubro-Negro não pode ser alcançado na rodada. Já os cariocas seguem sem conhecer o que é vitória, na 19ª colocação.

Depois de um primeiro tempo morno, marcado por gols perdidos por Walter, o Furacão conseguiu abrir o placar depois do intervalo aos 14 minutos, em cobrança de pênalti sofrido por Gustavo. Com tranquilidade, Nikão balançou as redes. Aos 46 minutos, Ytalo recebeu de Walter e soltou a pancada para fechar a contagem.

Na próxima rodada, o Atlético Paranaense encara o Grêmio, domingo, na Arena do Grêmio, e Porto Alegre. Já o Vasco da Gama terá pela frente o Cruzeiro, sábado, no Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro.

O JOGO

Embalado pela boa fase, o Furacão começou pressionado e logo no primeiro lance, Walter abriu o espaço fora da área e soltou o pé para grande defesa de Charles. Porém, depois da correria inicial, a equipe carioca conseguiu colocar a bola no chão e manter a posse. O Rubro-Negro, por sua vez, quando chegava levava perigo, como aos 11 minutos, em jogada pela esquerda que terminou nos pé de Giovanni, que dentro da área conseguiu isolar.

Sem muita criatividade, o Vasco dependia de lances isolados ou da bola parada. Aos 17 minutos, Rodrigo cobrou falta, Weverton não segurou, mas a defesa apareceu para afastar o perigo. O Atlético marcava forte, com a ajuda de todos os setores, apostando no contra-ataque. Aos 25 minutos, Walter ganhou da zaga na corrida e bateu por cima da meta, assustando.

Tecnicamente a partida era fraca, sem grandes lances, e alguns momentos bisonhos, como aos 29 minutos, com Rafael Silva e Thalles se chutando em uma disputa de bola de jogadores do mesmo time. Walter era o jogador mais acionado em campo e, aos 37 minutos, pareceu para testar firme cruzamento de Eduardo, pela linha de fundo. Apesar dos gols perdidos, fora de campo o torcedor apoiava, mostrando que para o segundo tempo o caldeirão poderia ser o grande diferencial.

Depois do intervalo, nenhuma nova mudança nas equipes. O panorama do jogo seguia o mesmo, com muita marcação e poucas oportunidades, uma partida morna na Arena. O técnico Milton Mendes apostou na entrada do atacante Ytalo no lugar do meia Giovanni. O Furacão partiu novamente para frente. Aos 11 minutos, Douglas Coutinho desviou, a bola bateu em Madson e saiu em escanteio.

No lance seguinte, Gustavo entrou na área com Lucas agarrado nele. O árbitro marcou a penalidade. Na cobrança, Nikão balançou as redes para abrir o placar. O gol animou os atleticanos, que pressionavam em busca do segundo. Aos 19 minutos, Gustavo desviou de cabeça e a bola acertou a trave antes de sair. O Atlético deu uma pequena acomodada e quase foi surpreendido aos 26 minutos, após um recuo errado de Gustavo que Riascos tocou para defesa de Weverton.

O Vasco acordou e, aos 27 minutos, Rafael Silva aproveitou cruzamento para testar firme no travessão. O troco veio em contra-ataque rápido de Douglas Coutinho, aos 32 minutos, mas o passe final para a área saiu errado. Sem alternativas, Riascos mandou o petardo de muito longe, aos 36 minutos, por cima do gol de Weverton. O Furacão administrava bem o resultado, embora tenha abdicado de atacar. Aos 46 minutos, cobrando falta, Rodrigo cobrou falta direto nas mãos de Weverton. Mas, na sequência, Ytalo recebeu de Walter e bateu cruzado para fechar a contagem.

GALERIA






















VÍDEO

Gols:



Para assistir aos melhores momentos, clique aqui.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-PR 2 x 0 VASCO

Local: Arena da Baixada, em Porto Alegre (RS)
Data: 6 de junho de 2015 (Sábado)
Horário: 22 horas (de Brasília)

Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Fábio Pereira (Fifa-TO) e Rogério Pablos Zanardo (SP)

Cartões amarelos: Eduardo, Nikão, Walter e Weverton (Atlético-PR); Júlio dos Santos, Biancucchi e Lucas (Vasco)

Gols: ATLÉTICO-PR: Nikão, aos 14 minutos e Ytalo, aos 46 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Gustavo, Kadu e Natanael (Guilherme Arana); Otávio, Hernani, Nikão (Jadson) e Giovanni (Ytalo); Coutinho e Walter.
Técnico: Milton Mendes

VASCO: Charles, Madson, Luan, Rodrigo e Julio César; Serginho (Jackson Caucaia)e Lucas; Julio dos Santos (Riascos), Biancucchi e Rafael Silva; Thalles
Técnico: Doriva

TROFÉU NETVASCO 2015

Dê suas notas agora!

Col.JogadorMédiaCol. no anoMédia no ano
Charles5.9962*5.1090
Emanuel Biancucchi5.1836*5.1836
Riascos4.9943*3.3994
Júlio César4.9694*4.6773
Rodrigo4.84136.4939
Lucas4.56795.8876
Jackson Caucaia4.3709*3.6863
Rafael Silva4.189317º5.0110
Luan3.98856.5898
10ºSerginho3.92545.6549
11ºMadson3.87766.1968
12ºJulio dos Santos3.053510º5.6041
13ºThalles2.925416º5.0688

* = não classificado (menos de 10 jogos) | Total de votos: 523 | Ranking 2015

Fonte: Gazeta Esportiva (texto, ficha), Flickr oficial do Vasco (fotos), Youtube (vídeos)

|