VASCÃO ESTREIA COM VITÓRIA NO ESTADUAL: 2 A 0 NA CABOFRIENSE

Domingo, 01/02/2015 - 18:56
comentário(s)

Atuação segura e vitória merecida. Com gols de Bernardo e Marcinho no segundo tempo, o Vasco bateu a Cabofriense por 2 a 0 na tarde deste domingo, no Moacyrzão, em Macaé, e estreou com vitória no Campeonato Carioca. Na primeira partida oficial da equipe do técnico Doriva na temporada, o Cruz-Maltino versão 2015 deixou uma boa impressão em seus torcedores com muitas jogadas pelas laterais e marcação eficiente.

Os gols sairam em duas jogadas trabalhadas. Primeiro com passe de Montoya e finalização de Bernardo. No fim, Marcinho fechou o placar em chute que desviou na zaga. Apesar de alguns ataques da equipe de Cabo Frio na metada final do jogo, o goleiro Martin Silva quase não foi exigido.

O Vasco volta a campo na próxima quinta-feira para enfrentar o Madureira, às 21h (de Brasília), em São Januário. Já a Cabofriense encara o Boavista no mesmo dia, em Bacaxá, às 17h.

O JOGO

O Vasco começou o jogo pressionando a Cabofriense. Por mais que o primeiro chute tenha sido do adversário com Everton, foi do Cruz-Maltino o controle das ações nos primeiros quinze minutos de jogo. Com boa troca de passes e acionando os laterais Christiano e Madson a todo instante, a equipe de Doriva criava. Mas faltava objetividade na finalização. As melhores jogadas sairam dos pés de Marcinho.

A Cabofriense chegou perto de igualar as ações na metada da etapa. Teve duas chances com Jones pela direita e só. O Vasco seguiu melhor, mas não conseguia transformar a superioridade em gols. Montoya e Rafael Silva, apagados, pouco faziam. Já Christiano pecava nos cruzamentos. Antes do intervalo, Bernardo ainda pediu pênalti: após dar uma caneta em Everton, o camisa 7 caiu após choque com Mário Luis. O juiz mandou o jogo seguir.

Com o jogo controlado, faltava a habilidade para decidir. E foi com uma jogada individual que o Vasco criou o gol para abrir o placar. Até então apagado, Montoya roubou a bola pela direita, deixou um defensor para trás e acertou passe preciso para Bernardo. O camisa 7 dominou e tocou com tranquilidade na saída de Luis Cetin: 1 a 0.

O gol deu mais tranquilidade para a equipe de Doriva tocar a bola. Dominada, a Cabofriense foi par ao tudo ou nada. Antes dos 25 minutos, já tinha colocado mais dois meias e um atacante (Têti, Kaká Mendes e Gilcimar). O time de Cabo Frio até chegou a atacar algumas vezes nos minutos finais, mas só conseguiu levar perigo em uma cabeçada de Fabrício Carvalho. No contra-ataque, o Vasco ainda perdeu duas boas chances de ampliar com Jhon Cley e Yago até chegar ao segundo gol. Após troca de passes, Jean Patrick rolou para Marcinho. O chute desviou em Lenon e matou Cetin.

GALERIA


















VÍDEO

Melhores momentos:



FICHA TÉCNICA

CABOFRIENSE 0 X 2 VASCO

Local: Estádio Moacyrzão, em Macaé (RJ)
Data: 1 de fevereiro de 2015, neste domingo
Horário: 17 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Thiago Henrique Neto Corrêa
Renda e público:
Cartões amarelos: Hiroshi (CAB)
Cartões vermelhos: Não houve
Gols: Bernardo, aos 7 minutos do segundo tempo (VAS); Marcinho, aos 44 minutos do segundo tempo (VAS)

CABOFRIENSE
Luis Cetín, Amaral (Têti), Mário Luis, Victor Silva e Leandro; Everton (Gilcimar), Hiroshi, Lenon, Jones (Kaká Mendes), Arthur Faria e Fabrício Carvalho.
Técnico: Alfredo Sampaio

VASCO
Martin Silva, Madson (Jean Patrick), Luan, Rodrigo e Christiano; Serginho, Lucas e Bernardo (Jhon Cley); Marcinho, Montoya (Yago) e Rafael Silva
Técnico: Doriva

TROFÉU NETVASCO 2015

Dê suas notas agora!

Col.JogadorMédiaCol. no anoMédia no ano
Martín Silva7.8401*7.6885
Bernardo7.7961*6.2134
Marcinho7.2583*5.9337
Luan7.2434*6.7309
Lucas7.1441*5.9334
Serginho7.1230*7.1230
Montoya7.0923*6.2936
Madson6.9912*6.9912
Christiano6.6476*5.4149
10ºRodrigo6.6037*6.1284
11ºYago6.4851*5.1957
12ºJean Patrick6.1116*5.5672
13ºJhon Cley5.9025*4.9246
14ºRafael Silva4.5536*4.2572

* = não classificado (menos de 10 jogos) | Total de votos: 1138 | Ranking 2015



Fonte: GloboEsporte.com (texto), Flickr oficial do Vasco (fotos), Youtube (vídeo), UOL (ficha)