VASCÃO VENCE O AMÉRICA, SEGUE 100% NO ESTADUAL E É LÍDER ISOLADO DO GRUPO A: 3 A 1

Quinta-feira, 04/02/2016 - 21:33
comentário(s)

O Vasco assumiu a liderança isolada do Grupo A ao derrotar o América-RJ por 3 a 1, em partida disputada na noite desta quinta-feira, no estádio Giulite Coutinho, e que marcou o encerramento da segunda rodada da competição. Foi a segunda vitória da equipe de São Januário, que chegou a seis pontos ganhos. O América segue com apenas um ponto ganho e ocupa a sexta colocação do Grupo B. Os gols foram marcados por Nenê, Riascos e Rodrigo para a equipe cruz-maltina. Leandro anotou para o América-RJ.

A vitória premiou a objetividade da equipe dirigida por Jorginho que, mesmo sem realizar uma grande exibição, soube definir o resultado da partida quando as oportunidades surgiram. O América mostrou um bom toque de bola, chegou a ter o controle do jogo em vários momentos, mas falhou ao não conseguir converter as boas chances que criou.

Na próxima rodada, o América-RJ vai enfrentar o Resende, em Edson Passos. O Vasco recebe o Volta Redonda, em São Januário.

O JOGO

Antes de começar a partida, os atletas paralímpicos Clodoaldo Silva e Wallace Antonio foram homenageados pelo América-RJ e deram o pontapé inicial. Quando a bola rolou, o Vasco partiu para o ataque, tentando impor seu ritmo de jogo desde os primeiros minutos. Acontece que o Rubro não se assustou com a pressão e também passou a atacar. Aos quatro minutos, Marlon fez ótima jogada pela esquerda e chutou cruzado. Martín Silva não conseguiu defender a a bola passou bem perto da trave esquerda.

Três minutos depois, Jean e Eric tabelaram pela direita e o cruzamento foi desviado por Madson para escanteio, quando Renato já entrava para tentar a cabeçada.

O América-RJ mostrava um bom toque de bola e surpreendia o Vasco, que era obrigado a esquecer as manobras ofensivas para tentar interromper a troca de passes do adversário.

Mesmo sem mostrar um bom futebol, o Vasco marcou o primeiro gol, aos 16 minutos. Após lançamento de Andrezinho, o lateral Madson foi derrubado por Renato, dentro da área. O árbitro marcou pênalti que foi convertido por Nenê, com a categoria habitual.

A vantagem animou o time de São Januário e, aos 19 minutos, o goleiro Felipe fez uma boa defesa em chute cruzado de Nenê.

A equipe dirigida por Jorginho seguiu pressionando, enquanto o América-RJ não mostrava a organização dos primeiros minutos. Aos 22, Riascos foi lançado na corrida, mas o goleiro Felipe saiu e conseguiu atrapalhar o atacante colombiano, que acabou desperdiçando o lance.

O América-RJ só voltou a aparecer na área cruz-maltina aos 31 minutos, em bola levantada sobre a área que exigiu uma saída precisa de Martín Silva para evitar a cabeçada de Fabio Braz.

Aos 35 minutos, Nenê foi desarmado na sua intermediária e acabou cometendo falta. Logo depois, o zagueiro Luan salvou o Vasco ao bloquear o chute de Muniz na entrada da área.

O jogo ficou equilibrado até o final do primeiro tempo, com as duas equipes se alternando no controle da partida. Aos 45 minutos, Nenê bateu falta, do lado direito, e a bola bateu na rede, pelo lado de fora.

O América quase chegou ao empate nos acréscimos. Primeiro, Renato foi lançado nas costas da zaga e foi bloqueado por Martín Silva. Logo depois, Marcelinho bateu cruzado, a zaga hesitou e Jean, livre na pequena área, não conseguiu tocar na bola, desperdiçando a chance do empate.

O Vasco voltou para a segunda etapa com a mesma modificação efetuada na vitória sobre o Madureira. Yago Pikachu entrou no lugar de Mateus Pet. Com a mudança, Madson ganhou mais liberdade para atacar, se alternando com o ex-jogador do Paysandu nas investidas pela direita. Aos 11 minutos, o goleiro Felipe teve que sair do gol para isolar a bola, antes que Pikachu chegasse para concluir.

Aos 14 minutos, em falta cometida na intermediária cruz-maltina, o América teve uma boa chance, mas o chute de Darlan encobriu o travessão.

A equipe rubra concentrava seus ataques na esquerda, utilizando o lateral Marlon que dava muito trabalho aos zagueiros.

Aos 20 minutos, o Vasco ampliou. Nenê dominou no bico da pequena área, evitou a marcação e levantou para Riascos que, de voleio, bateu sem defesa para o goleiro Felipe. Foi o terceiro gol do atacante colombiano na competição.

Aos 23 minutos, foi a vez de Riascos dar ótimo passe perfeito para Nenê, que controlou a bola, se livrou da marcação, mas encobriu o travessão de Felipe.

O América não desanimou e seguiu buscando um resultado melhor. E marcou o primeiro gol aos 33 minutos. Leandro recebeu na entrada da área, driblou Luan e bateu cruzado para colocar nas redes de Martín Silva.

O time de Ricardo Cruz tentou partir para buscar o empate, mas acabou sofrendo o terceiro gol aos 39 minutos. Nenê recebeu lançamento na área e deu passe preciso para o zagueiro Rodrigo bater de primeira. A bola tocou no goleiro Felipe, mas ganhou o fundo das redes. Os jogadores do América-RJ protestaram muito contra a arbitragem. Eles queriam a marcação de impedimento de Nenê, mas o meia vascaíno estava em posição legal.

Com a vitória garantida, o Vasco teve a chance de marcar o quarto gol com Eder Luis, que penetrou livre, mas a conclusão do atacante foi muito ruim. Nos acréscimos, o Vasco ainda criou outra boa oportunidade com chutes de Pikachu e Júlio Cesar que foram bem defendidos pelo goleiro Felipe, e o América ainda teve a chance de diminuir o prejuízo em conclusão de Leandro, mas a bola bateu no travessão.

VÍDEO



GALERIA



FICHA TÉCNICA

AMÉRICA 1 X 3 VASCO

Estádio: Giulite Coutinho, em Edson Passos/Mesquita (RJ)
Data/Hora: 04/02/2016 (5ª-feira) - 19h30 (horário de verão)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Patrícia Silveira de Paiva Retondário da Silva (RJ)

Renda/Público: R$ 125.920,00 - 4.946 pagantes - 6.052 presentes

Cartões Amarelos: Darlan 44'/1ºT (AME), Erick 45'/1ºT (AME), Riascos 23'/2ºT (VAS), Nenê 36'/2ºT (VAS), Fábio Braz 37'/2ºT (AME), Yago Pikachu 41'/2ºT (VAS), Rodrigo 42'/2ºT (VAS)
Cartões Vermelhos: -

GOLS: Nenê (pênalti) 15'/1ºT (VAS), Riascos 20'/2ºT (VAS), Leandro 34'/2ºT (AME) e Rodrigo 36'/2ºT (VAS)

AMÉRICA: Felipe; Erick, Fabio Braz, Marcão e Marlon; Muniz, Darlan e Renato (Matías Sosa 18'/2ºT); Jean (Leandro 31'/2ºT), PH e Marcelinho (Thiago Accioli 33'/2ºT). Técnico: Ricardo Cruz.

VASCO: Martín Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Julio dos Santos, Andrezinho, Mateus Vital (Yago Pikachu, intervalo) e Nenê; Jorge Henrique (Eder Luis 23'/2ºT) e Riascos (Matheus Índio 32'/2ºT). Técnico: Jorginho.

TROFÉU NETVASCO 2016

Dê suas notas agora!

Col.JogadorMédiaCol. no anoMédia no ano
Nenê9.0392*8.9329
Riascos8.4514*8.5423
Rodrigo7.6818*7.2943
Martín Silva7.5831*7.2667
Madson7.4937*7.0883
Andrezinho7.1238*7.3384
Eder Luis6.9671*7.0911
Luan6.8762*6.9391
Yago Pikachu6.7367*6.8376
10ºJúlio César6.4232*6.4792
11ºJulio dos Santos6.0266*5.8458
12ºMateus Vital5.9013*5.9977
13ºJorge Henrique5.5235*5.6423
14ºMatheus Índio5.2508*5.2508

* = não classificado (menos de 10 jogos) | Total de votos: 638 | Ranking 2016



Fonte: Gazeta Esportiva (texto), Youtube (vídeos), Site oficial do Vasco (fotos), Globo Online (fotos), UOL (ficha)