Relembre as maiores vendas de jogadores da história do Vasco
Segunda-feira, 12/04/2021 - 09:26
O Vasco conseguiu muito dinheiro com a venda de jogadores revelados no clube ou que se destacaram na equipe em suas carreiras. O clube foi um dos primeiros clubes do futebol brasileiro a conseguir muito dinheiro na venda de atletas, ainda nos anos 1980 e 1990.

Confira abaixo as sete maiores vendas da história do Vasco

*Apesar da moeda base para venda de jogadores hoje seja o euro, o dólar foi adotado para as vendas do Vasco, porque duas de suas maiores vendas vieram antes do surgimento da moeda, em 1999.
*Conteúdo baseado nas informações do site TransferMarkt

7° – Dedé (zagueiro) – Cruzeiro (7 milhões de dólares/ Abril de 2013) (5,4 milhões de euros)

O zagueiro foi o grande destaque do Vasco na temporada vencedora do clube em 2011. Em 2012, seguiu como destaque do time, que chegou até as quartas de final da Copa Libertadores. Pouco antes do Brasileirão de 2013, foi vendido ao Cruzeiro. O valor pago foi pelos 45% dos direitos econômicos que o Vasco detinha.

6° – Geovani (meia) – Bologna-ITA (8 milhões de dólares/ Julho de 1989)

Durante anos essa foi a maior negociação do futebol brasileiro, superando todas as grandes negociações dos anos 1980. Meia de muita habilidade e destaque do Vasco, deixou o clube antes do título brasileiro de 1989. Era jogador da seleção brasileira principal e havia conquistado a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Seul, em 1988.

5° – Alex Teixeira (meia) – Shakhtar Donetsk-UCR (8,6 milhões de dólares/ Dezembro de 2009) (6 milhões de euros)

O meia deixou o Vasco após destacar-se pelo futebol veloz em 95 partidas disputadas. O jogador foi um dos destaques no título da Série B de 2009.

4° – Edmundo (atacante) – Fiorentina-ITA (9 milhões de dólares/ Dezembro de 1997)

Naquela temporada de 1997, Edmundo estava em seu auge. Tornou-se o maior artilheiro do Brasileirão com 29 anos. Melhor jogador daquele Campeonato Brasileiro, era nome certo na seleção brasileira. A negociação com o futebol italiano durou durante quase todo segundo semestre de 1997 e foi finalizado apenas no fim do ano. Edmundo foi para a Fiorentina em janeiro.

3° – Rômulo (volante) – Spartak Moscou-RUS (9,9 milhões de dólares/ Junho de 2012) (8 milhões de euros)

O volante de 21 anos foi vendido ao futebol russo no meio da temporada de 2012, um ano após o título da Copa do Brasil e o vice-campeonato brasileiro. O jogador se apresentou na Rússia logo após conquistar a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Londres. O Vasco ficou com 50% do valor da negociação.

2° – Douglas Luiz (volante) – Manchester City-ING (14,9 milhões de dólares/ Julho de 2017) (13 milhões de euros)

O Vasco tinha a totalidade dos direitos econômicos do jogador na venda para o futebol inglês. O jogador de 19 anos deixou o Cruzmaltino com apenas 39 jogos pelo clube e passagens pela seleção sub-20.

1° – Paulinho (ponta) – Bayer Leverkusen-ALE (22,5 milhões de dólares/ Abril de 2018) (18,5 milhões de euros)

O Vasco vendeu a jovem revelação pelo valor recorde. Na negociação, o Cruzmaltino ficou com 10% dos direitos econômicos do jogador, visando um lucro futuro. O clube do Rio de Janeiro ficou com 65% do valor da venda.



Fonte: Torcedores.com