Mano Menezes, técnico do Palmeiras, sobre lances polêmicos: 'São decisões no limite. Me coloco do outro lado, também entendo'
Quinta-feira, 07/11/2019 - 04:57
Em partida polêmica em São Januário, o Palmeiras venceu fora de casa o confronto contra o Vasco da Gama, nesta quarta-feira (6). Após reclamação do presidente vascaíno e de Vanderley Luxemburgo, Mano Menezes falou sobre a arbitragem de Rafael Traci e do VAR no Rio de Janeiro.

De acordo com o treinador do Palmeiras, os lances criticados foram "no limite". O Vasco da Gama reclama de uma possível falta de Luiz Adriano no lance do gol da vitória alviverde, além da expulsão por reclamação de Leandro Castán em suposto pênalti a favor dos cariocas.

"Sempre são decisões no limite. Me coloco do outro lado, também entendo. Porque quando me sinto prejudicado, também contesto. Olhamos dois lances no vestiário. O lance do nosso gol, que é no limite, e eles têm mais recurso para analisar. No jogo passado, julgamos que não tinha sido pênalti do Vitor Hugo. Hoje o presidente disse que viu as imagens que a comissão tem à disposição e acha que foi. Foi ocupação de espaço, Luiz Adriano põe o pé para tentar ocupar o espaço primeiro. Vem o chute do jogador do Vasco. É um lance muito fino, por isso vamos esperar essas imagens talvez melhores", comentou Mano Menezes.

"Outro lance foi o lance do Dudu, um lance absolutamente claro, onde já tinha passado e sofreu um agarrão do jogador. No nosso entendimento, lance de cartão vermelho. Mas o árbitro achou um jogador ao lado. Mas fizemos um bom jogo, acho que é o mais importante. Merecemos vencer pelo que construímos. Um jogo com oportunidades para vencer a partida, e por isso saímos daqui muito felizes com o comportamento da equipe", completou o treinador do Palmeiras.

Com a vitória no Rio de Janeiro, o Palmeiras pressiona o Flamengo, que manter a vantagem na liderança da tabela de classificação. Time paulista tem 66 pontos e ocupa a segunda colocação com 5 pontos a menos. Os comandados de Jorge Jesus enfrentam o Botafogo nesta quinta, no estádio Nilton Santos.



Fonte: Torcedores.com