Netvasco
Clube
Notícias
Futebol
Esportes
História
Torcidas
Mídia
Interativo
Multimídia
Download
Miscelânea
Especial

Busca pesquisar

Celular
FAQ
Orkut
RSS
Twitter
Chat
Vídeos

NETVASCO - 22/03/2009 - DOM - 20:00 - VASCO VENCE URUBU COM DIREITO A OLÉ: 2 A 0

Vasco é mais objetivo e vence o Flamengo

O apelido é Clássico dos Milhões, mas o jogo deste domingo entre Vasco e Flamengo, no Maracanã, pode ser chamado pelos torcedores de Clássico do Nervosismo. Em uma partida com todos os ingredientes de uma decisão - poucas chances claras, marcação dura, expulsões, equilíbrio e grande público -, o duelo entre Cruzmaltinos e Rubro-negros foi ganho por quem aproveitou melhor suas oportunidades: 2 a 0 para os vascaínos.

Como resultado, o Gigante da Colina segue líder do Grupo A da Taça Rio, com 12 pontos, assim, como o Fluminense, mas com saldo de gols melhor (nove a seis) e mantém 100% de aproveitamento no segundo turno (além de uma invencibilidade de 11 partidas). Já o Flamengo permaneceu com sete pontos e caiu da liderança para terceiro lugar no Grupo B (atrás de Botafogo e Friburguense, ambos com nove pontos).

Em relação aos tabus que entraram em campo, um caiu e dois se mantiveram. O Cruzmaltino voltou a vencer o seu rival após seis jogos, ou cerca de dois anos. Porém, enquanto o técnico Dorival Júnior se mantém invicto em clássicos no comando da equipe de São Januário - um empates e duas vitórias -, o treinador do Flamengo, Cuca, segue sem vencer um dos grandes do Rio dirigindo o time - três empates e duas derrotas.

O JOGO

O primeiro tempo foi bastante duro e trucado. Prova disso que a etapa terminou com um jogador a menos de cada lado. O Vasco começou mais ofensivo, porém cedeu espaços para o contra-ataque do Flamengo devido ao mal posicionamento defensivos. Aos 16 minutos, o volante flamenguista Willians foi expulso após tomar dois amarelos seguidos - um aos 15 e outro aos 16 minutos. A equipe da Gávea, porém, não acusou o golpe.

Aos 33 minutos, porém, o meia vascaíno Carlos Alberto, o primeiro atleta a ser punido com amarelo aos 11 minutos, finalizou jogada após a arbitragem pará-la por impedimento e recebeu o vermelho. Ele alegou não ter ouvido o apito (e, no intervalo,o goleiro Bruno declarou acreditar no cruzmaltino). Apesar de ter sentido a saída de seu capitão, o time criou a melhor chance da etapa: aos 40 minutos, Elton entrou driblando na área adversária, mas chutou na rede pelo lado de fora.

O Flamengo voltou para o segundo tempo com Obina no lugar de Josiel e o atacante, logo aos três minutos, desperdiçou chance clara praticamente no mesmo lugar da desperdiçada por Elton: ele recebeu livre quase na pequena área e bateu bisonhamente para fora. E aos oito minutos, o agora meia Leonardo Moura deu um carrinho duro em Ramon na intermediária e receu o cartão vermelho.

Logo em seguida, o Vasco fez valer um de seus pontos fortes, a bola parada. Aos 11 minutos, Nilton cobrou falta rasteira para o meio da área. O arremate ruim parou na confusão entre vascaínos e rubro-negros - melhor para Elton, que ficou com o rebote e bateu forte para vencer o goleiro Bruno. A comemoração, porém, durou pouco, pois aos 13 minutos o lateral-esquerdo Ramon foi expulso.

Com nove jogadores de cada lado, a partida ficou aberta, com o Rubro-negro indo para o ataque, contudo sem conseguir concretizar objetivamente nenhum lance. Aproveitando o avanço do adversário, o Cruzmaltino apostou no contra-ataque e ampliou sua vantagem. Aos 15 minutos, Elton iniciou jogada no meio e lançou Rodrigo Pimpão. O atacante, de forma inteligente, rolou para Jéferson, que entrava livre na área e fechou o placar.

No restante do confronto, a eqipe da Gávea ficou mais tempo com a bola, entretanto manteve a falta de poder ofensivo, avançando desorganizadamente. Com os três pontos nos pés, o time de São Januário se segurou, esperando o apito final de Luiz Antônio Silva Santos, que ainda expulsou o técnico Cuca.

Para registrar: cinco cartões vermelhos e 11 amarelos (15, contando-se o segundo amarelo que gerou o vermelho no caso das expulsões - apenas Leonardo Moura foi expulso sem ter o amarelo).

Na próxima jornada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, o Vasco recebe o Mesquita, na quarta-feira, às 21h50, em São Januário. Já o Flamengo, no mesmo dia, mas às 16h, enfrenta o Flamengo, em Mesquita (RJ), no Estádio Giulite Coutinho.

Fonte: Lancenet

Vasco bate o Fla e quebra jejum de dois anos sem vencer o arquirrival

O Vasco comprovou a sua boa fase no Campeonato Carioca na noite deste domingo e venceu o Flamengo, no Maracanã, por 2 a 0. Com duas expulsões para cada lado (Carlos Alberto, Ramon, Léo Moura e Willians), o time da Colina voltou a derrotar o arquirrival após dois anos ser um triunfo sobre a equipe da Gávea. Com gols de Elton (veja o vídeo ao lado)e Jéferson, o grupo comandado por Dorival Júnior chegou à liderança do Grupo A da Taça Rio, segundo turno do Estadual, com 12 pontos.

Alheio aos problemas políticos que ocorreram durante a semana, o time da Colina superou o rival. Por outro lado, mesmo com os salários de janeiro pagos pela diretoria na última sexta-feira, o Rubro-Negro até correu, mas sucumbiu diante do time cruzmaltino. Com o resultado, o Vasco superou o Fluminense no saldo de gols e assumiu novamente a ponta de sua chave. O Flamengo permaneceu em terceiro lugar no Grupo B, com sete pontos.

Na próxima rodada, o Vasco vai enfrentar o Mesquita, em São Januário. O Flamengo vai encarar o Madureira. Os dois jogos vão acontecer na quarta-feira.

O JOGO

Os primeiros dez minutos de jogo foram iguais. Enquanto o Vasco marcava forte e buscava os contra-ataques, o Flamengo tentava manter a poss de bola para chegar com perigo ao gol de Tiago. O time rubro-negro foi o primeiro a assustar. Aos 14, Léo Moura fez grande jogada e cruzou para área. Ibson tentou marcar de sem-pulo, mas a bola subiu e passou por cima do travessão cruzmaltino.

No lance seguinte, a história do jogo começou a mudar. Aos 15, Willians levou cartão amarelo após uma sequência de faltas em Carlos Alberto. No lance seguinte, um minuto depois, o volante foi expulso pelo árbitro Luiz Antônio da Silva Santos ao derrubar o capitão vascaíno na entrada da área.

Porém, mesmo com um jogador a menos, o Flamengo perdeu uma ótima chance de abrir o marcador. Na primeira, aos 19, Zé Roberto e Josiel avançaram contra apenas um defensor, mas por excesso de preciosismo não conseguiu chutar a tempo de balançar a rede cruzmaltina. Após sofrer uma pequena pressão rubro-negra, o Vasco colocou os ânimos no lugar e a bola no chão.

Aos 32 foi a vez do meia Carlos Alberto dar mole. O jogador já havia levado o cartão amarelo aos 11 minutos do primeiro por causa de um carrinho em Willians e acabou sendo expulso por ter chutado para o gol após o árbitro ter assinalado impedimento em um contra-ataque do Vasco. O capitão cruzmaltino deixou o campo revoltado, esbravejando com Luiz Antônio da Silva Santos.

O Vasco teve a melhor chance do jogo aos 41 minutos. Elton passou por dois adversários e entrou na área do Flamengo. O atacante ficou de frente para o goleiro Bruno e fez o mais difícil: chutou na rede pelo lado de fora, desperdiçando uma chance de ouro. No último minuto da etapa inicial, Ramon fez uma bela jogada e chutou à esquerda de Bruno.

Sem paciência com Josiel, o técnico Cuca voltou para a etapa final com Obina no comando do ataque. Logo aos quatro minutos, o baiano recebeu uma bola dentro da área, ajeitou o corpo e chutou de forma bisonha longe do gol de Tiago. Aos oito, Léo Moura deu um carrinho em Ramon e também foi expulso.

Três minutos depois, Nilton cobrou mal uma falta da intermediária e a bola sobrou para Elton, já dentro da área. O atacante acertou uma bomba sem chance para Bruno: 1 a 0 Vasco. Aos 13, Ramon, que já tinha levado cartão amarelo, fez uma falta em Everton Silva e foi expulso.

Com dois jogadores a menos para cada lado, o Vasco soube aproveitar um contra-ataque fulminante para ampliar o marcador. Aos 16, Pimpão, que acabara de entrar na vaga de Alex Teixeira, carregou pelo lado direito e rolou para Jéferson. De frente para Bruno, o meia tocou por cima do camisa 1 rubro-negro para fazer o segundo do time da Colina.

Mesmo perdendo por 2 a 0, o Flamengo foi em busca do empate e chegou perto de diminuir o marcador aos 20 minutos. Everton Silva aproveitou rebote da entrada da área e chutou. A bola passou à direita de Tiago. O time rubro-negro seguiu melhor, mas não conseguia marcar o seu gol.

O técnico Cuca também foi expulso pelo árbitro já no fim do confronto. Aos 45, Nilton recebeu de Pimpão, entrou na área e chutou para bela defesa de Bruno. Na arquibancada, a festa após o apito final foi vascaína.

Fonte: GloboEsporte.com

GALERIA

01_20090322_torcida.JPGTorcida do Vasco 02_20090322vestiario.jpgJogadores do Vasco no vestiário 03_20090322vestiario.jpgJogadores do Vasco no vestiário
04_20090322vestiario.jpgJogadores do Vasco no vestiário 05_20090322ramon.jpgRamon 06_20090322ramon.jpgRamon
07_20090322ramon.jpgRamon 08_20090322carlosalberto.jpgCarlos Alberto 09_20090322carlosalberto.jpgCarlos Alberto
10_20090322ramon.JPGRamon 11_20090322carlosalberto.jpgCarlos Alberto 12_20090322carlosalberto.JPGCarlos Alberto
13_20090322fernando_carlosalberto.jpgFernando e Carlos Alberto 14_20090322fernando.jpgFernando 15_20090322alexteixeira.jpgAlex Teixeira
16_20090322nilton.jpgNilton 17_20090322nilton.JPGNilton 18_20090322titi.JPGTiti
19_20090322nilton.JPGNilton 20_20090322ramon.JPGRamon 21_20090322elton.JPGElton
22_20090322elton.jpgElton 23_20090322elton.jpgElton 24_20090322titi.jpgTiti
25_20090322torcida.jpgTorcida do Vasco 26_20090322torcida.jpgTorcida do Vasco 27_20090322paulosergio.jpgPaulo Sérgio
28_20090322paulosergio.jpg.jpgPaulo Sérgio 29_20090322rodrigopimpao.jpgRodrigo Pimpão 30_20090322rodrigopimpao.jpgRodrigo Pimpão
31_20090322jeferson.JPGJéferson 32_20090322jeferson.JPGJéferson 33_20090322jeferson.JPGJéferson
34_20090322jeferson.JPGElton 35_20090322jeferson.JPGJéferson 36_20090322jeferson.jpgJéferson
37_20090322elton.jpgElton 38_20090322dorival.jpgDorival Júnior 39_20090322torcida.jpgTorcida do Vasco

VÍDEO


Melhores momentos

FICHA TÉCNICA
VASCO 2 X 0 FLAMENGO

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 22/3/2009 - 16h (de Brasília)

Árbitro: Luiz Antônio Silva dos Santos (RJ)
Auxiliares: Jorge Luis Campos Roxo (RJ) e Silbert Faria Sisquim (SP)

Renda/público: R$ 1.213.044,00 / 69.648 pagantes e 73.371 presentes

Cartões amarelos: Carlos Alberto, Ramon, Titi, Nilton, Jéferson, Fernando e Elton (VAS); Willians, Aírton, Ronaldo Angelim e Fábio Luciano (FLA)
Cartões vermelhos: Willians, 16'/1ºT (FLA), Carlos Alberto, 33'/1ºT (VAS), Leonardo Moura, 8'/2ºT (FLA), Ramon, 13'/2ºT, Titi, 48'/2ºT (VAS).

GOLS: Elton, 11'/2ºT (1-0); Jéferson, 15'/2ºT (2-0).

VASCO: Tiago, Paulo Sérgio, Fernando, Titi e Ramon; Amaral, Nilton, Jéferson (Edu, 26'/2ºT) e Carlos Alberto; Alex Teixeira (Rodrigo Pimpão, 14'/2ºT) e Elton (Léo Lima, 37'/2ºT). Técnico: Dorival Júnior.

FLAMENGO: Bruno, Everton Silva, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim e Juan; Aírton (Everton, 30'/2ºT), Willians, Ibson e Léo Moura; Zé Roberto (Kleberson, 10'/2ºT) e Josiel (Obina, intervalo). Técnico: Cuca.

ESTATÍSTICAS

                  Vasco    Flamengo
Finalizações         15          16
Passes certos       164         221
Passes errados       17          21
Desarmes             22          16
Lançamentos          27          30
Faltas cometidas     26          20

TROFÉU NETVASCO 2009

Dê suas notas agora!

Col.JogadorMédiaCol. no anoMédia no ano
Elton8.79507.4126
Tiago8.66307.9372
Fernando8.62926.7623
Jéferson8.604010º6.7072
Ramon8.47797.3899
Rodrigo Pimpão8.40386.8110
Nílton8.19587.7718
Paulo Sérgio7.96637.2892
Titi7.88956.9172
10ºAmaral7.564312º5.8992
11ºCarlos Alberto7.22177.7183
12ºEdu6.5295*6.5295
13ºAlex Teixeira6.268411º6.3616
14ºLéo Lima5.8068*6.0612
* = não classificado (menos de 10 jogos) | Total de votos: 2697

Fonte: Lancenet (texto, ficha, fotos), GloboEsporte.com (texto, vídeo, fotos), Site Oficial do Vasco (fotos), Terra (fotos), UOL (fotos), O Globo Online (fotos), O Dia on line (fotos), Lance (estatísticas)

índice | envie por e-mail

Anterior: 18:08 - Polícia contém torcedores prontos para brigar no Catete
Próxima: 20:04 - Duas pessoas são detidas por desacato no entorno do Maracanã