Ídolo nos Emirados Árabes, Fábio Lima relembra passagem pelo Vasco e diz que pensa em voltar para o Brasil
Domingo, 08/10/2017 - 22:43
O atacante Fábio Lima concedeu uma entrevista exclusiva para a reportagem do Torcedores.com. No Al Wasl desde 2014, o ex-jogador do Vasco falou sobre o seu atual momento e não descarta voltar ao Brasil em 2018.

"Então eu tenho bastante interesse de continuar aqui e cumprir meu contrato e depois ver o que vai acontecer e se não tiver nenhuma oferta boa aqui, eu penso em voltar para o Brasil ir para uma grande equipe e buscar uma sequência no Brasil, como eu tive no Atlético-GO como em 2014. Eu tenho vontade sim de voltar, para um grande clube no Brasil e espero passar alguns anos aqui no Oriente Médio e tenho muito mercado aqui ainda e tenho mais dois anos e meio de contrato e o clube não tem interesse de vender e emprestar por enquanto", diz o jogador.

Fábio Lima revelou que recebeu ofertas para voltar ao Brasil neste ano, mas explicou que seu atual clube não entrou em acordo com os interessados: "Sim, eu recebi algumas propostas tanto do Brasil, quanto dos Emirados também e de outros países como da China, mas a gente não chegou em acordo para sair aqui do clube e não aceitaram as ofertas", destacou.

Um dos sonhos do atacante Fábio Lima é vestir a camisa da Seleção Brasileira, mas lamentou a pouca visibilidade que o futebol árabe tem. Mesmo assim, o atacante do Al Wasl manteve sua esperança de um dia ser chamado pelo técnico Tite.

"Então todo jogador pretende chegar a Seleção Brasileira, comigo não é diferente e estou trabalhando e acho bastante difícil uma oportunidade agora, mas estou aqui firme e forte e ano passado eu fui o melhor jogador da Liga fiz 33 gols no ano inteiro, isso é muito e acho que foi uma média muito boa 34 jogos. Talvez se fosse em outo país eu acredito, que poderia ter uma chance de ir para a Seleção, só que o futebol aqui não é muito reconhecido eles não olham tanto para cá, mas é bastante difícil de você jogar aqui e para você se adaptar e agora é muito difícil você ir para uma Seleção", destacou.

No Brasil, o jogador atuou tanto pelo Atlético-GO em 2012, quanto pelo Vasco no ano seguinte antes de se aventurar no Al Wasl em 2014. Fábio Lima explicou porque não rendeu o esperado no Gigante da Colina, mas no Dragão conseguiu fazer uma boa campanha.

"Sim, no Brasil eu consegui jogar nesses clubes, com o Atlético com mais sequência e foram três anos de Atlético de muitas idas e vindas e aonde eu tive minha melhor sequência e infelizmente no Vasco não pude ter uma sequência como eu queria. Eu acho, que eu não estava preparado para jogar no Vasco e infelizmente houveram alguns problemas contratuais aconteceram, mas isso foi passado e consegui voltar para o Atlético-GO e consegui ir bem e sendo campeão goiano logo depois", concluiu.



Fonte: Torcedores.com