Estatísticas em Competições Oficiais
Competições Internacionais

 

O Vasco no Campeonato Sul-Americano (1948) e Copa Libertadores (1960-)

Em 1948, foi organizado o I Campeonato Sul-Americano de Clubes Campeões e o Vasco, apontado como representante do Brasil, sagrou-se campeão. A disputa dessa competição infelizmente nunca mais foi repetida, porém o conceito foi retomado em 1960, com a criação da Copa Libertadores. Por este motivo ela é reconhecida oficialmente pela Conmebol como precursora direta da Copa Libertadores. Nesta, o Vasco tomou parte oito vezes até agora, tendo conquistado o título em uma delas.

---------------------------------------------------
 ANO   Chegou até...     J    V    E    D   GP   GC
---------------------------------------------------
1948   Campeão           6    4    2    0   12    3
1975   Primeira fase     6    1    3    2    7    7
1980   Primeira fase     6    3    2    1    7    2
1985   Primeira fase     6    0    3    3    6   11
1990   Quartas-de-final 10    2    5    3    8    9
1998   Campeão          14    7    5    2   17    8
1999   Oitavas-de-final  2    0    1    1    3    5
2001   Quartas-de-final 10    8    0    2   20   10
2012   Quartas-de-final 10    5    2    3   13   10
---------------------------------------------------
TOTAL                   70   30   23   17   93   65

Notas

Em 1990, as duas partidas contra o Grêmio na primeira fase também foram válidas pela Supercopa do Brasil (disputada apenas em 1990 e 1991 entre o campeão brasileiro e o campeão da Copa do Brasil do ano anterior).

Em 1999, o Vasco entrou direto na oitavas-de-final por ter sido o campećo da Libertadores do ano anterior.

Conheça todos os resultados e estatísticas do Vasco na Copa Libertadores e no Campeonato Sul-Americano no site Netvasco.

 

O Vasco na Copa Sul-Americana (2003-)

A Copa Sul-Americana foi criada em 2003 pela Conmebol. Vários clubes de cada país participam da competição, classificados por critério técnico. No caso do Brasil, classificam-se os clubes nas colocações do Campeonato Brasileiro imediatamente abaixo dos clubes classificados para a Copa Libertadores. Além disso, a Conmebol se reserva o direito de convidar certos clubes de maior tradição, independentemente de classificação, como já foi o caso de River Plate e Boca Juniors.

O Vasco participou com o seguinte desempenho:

---------------------------------------------------
 ANO   Chegou até...     J    V    E    D   GP   GC
---------------------------------------------------
2003   Primeira fase     2    0    1    1    2    3
2006   Primeira fase     2    0    0    2    1    4
2007   Quartas-de-final  6    4    0    2   10    6
2008   Primeira fase     2    1    0    1    3    4
2011   Semifinal         8    3    1    4   18   16
---------------------------------------------------
TOTAL                   20    8    2   10   34   33

Conheça todos os resultados e estatísticas do Vasco na Copa Sul-Americana no site Netvasco.

 

O Vasco na Copa Conmebol (1992-1999)

A Copa Conmebol foi introduzida a partir de 1992, reunindo clubes que não participam da Copa Libertadores, de maneira análoga à Copa UEFA na Europa. O número de participantes variava por país; por exemplo, Brasil e Argentina tinham direito a mais vagas.

O Vasco participou duas vezes, com o seguinte desempenho:

---------------------------------------------------
 ANO   Chegou até...     J    V    E    D   GP   GC
---------------------------------------------------
1993   Oitavas-de-final  2    1    0    1    4    4
1996   Semifinal         6    3    0    3    8    4
---------------------------------------------------
TOTAL                    8    4    0    4   12    8

Conheça todos os resultados e estatísticas do Vasco na Copa Conmebol no site Netvasco.

 

O Vasco na Supercopa da Libertadores (1988-1997)

De 1988 a 1997, os clubes que já haviam sido campeões sul-americanos disputavam a Supercopa da Libertadores. O Vasco, porém, só passou a participar na última edição, em 1997, após a tardia, porém justa, decisão da Conmebol, de reconhecer oficialmente o I Campeonato Sul-Americano de Clubes Campeões de 1948, conquistado pelo Vasco, como precursor da Copa Libertadores. A campanha do Vasco na Supercopa foi a seguinte:

---------------------------------------------------
 ANO   Chegou até...     J    V    E    D   GP   GC
---------------------------------------------------
1997   Primeira fase    10    5    2    3   14   16

Conheça todos os resultados e estatísticas do Vasco na Supercopa da Libertadores no site Netvasco.

 

O Vasco na Copa Mercosul (1998-2001)

A Copa Mercosul, criada para substituir no calendário a Supercopa da Libertadores, tem como participantes clubes dos países do bloco econômico Mercosul. Os 20 clubes participantes (7 brasileiros) eram convidados pelo patrocinador da competição, a Traffic, empresa especializada em marketing esportivo. Na primeira edição, em 1998, o Vasco poupou o time titular, preferindo utilizar o "Expressinho" em todos os jogos. Na sua terceira participação, o Vasco sagrou-se campeão. Eis os resumos das campanhas:

---------------------------------------------------
 ANO   Chegou até...     J    V    E    D   GP   GC
---------------------------------------------------
1998   Primeira fase     6    2    3    1    4    3
1999   Primeira fase     6    2    2    2    9    8
2000   Campeão          13    8    1    4   23   13
2001   Primeira fase     6    2    2    2   11   11
---------------------------------------------------
TOTAL                   31   14    8    9   47   35

Conheça todos os resultados e estatísticas do Vasco na Copa Mercosul no site Netvasco.

 

O Vasco na Copa Interamericana (1968-1998)

A partir de 1968, o campeão da Copa Libertadores e o campeão da Copa de Campeões da CONCACAF passaram a disputar a Copa Interamericana, em duas partidas realizadas na sede do campeão da CONCACAF. Todavia esse confronto deixou de acontecer em vários anos. Naquela que foi a última edição da Copa Interamericana, o Vasco, como campeão da Libertadores de 1998, enfrentou o DC United, dos Estados Unidos, campeão da CONCACAF do mesmo ano, em duas partidas realizadas nos Estados Unidos. Cada clube venceu uma partida, com o clube americano sagrando-se vencedor da disputa pelo critério do saldo de gols.

---------------------------------
 ANO   J    V    E    D   GP   GC
---------------------------------
1998   2    1    0    1    1    2

Curiosamente, o Vasco foi o único clube brasileiro a ter participado da Copa Interamericana, pois, anteriormente, ou ela não foi realizada, ou o clube brasileiro campeão da Libertadores não se interessou em disputa-la (casos do São Paulo em 1993 e do Grêmio em 1995).

Conheça os resultados do Vasco na Copa Interamericana no site Netvasco.

 

O Vasco na Copa Intercontinental (1960-2004)

A Copa Intercontinental era disputada anualmente entre o campeão da Copa Libertadores e o campeão da Liga dos Campeões da UEFA (antiga Copa Europeia). Antes de 1980, a fórmula era uma melhor de três. A partir de 1980, passou a ser disputada em Tóquio, em partida única, e recebeu o nome de Copa Toyota. Por razões "politicamente corretas", passou também chamada por alguns de Copa Europeia/Sul-Americana, pois jamais envolveu campeões de outros continentes. A última edição do confronto aconteceu em 2004.

Como campeão da Copa Libertadores de 1998, coube ao Vasco enfrentar o Real Madrid, na sua primeira e única participação.

---------------------------------
 ANO   J    V    E    D   GP   GC
---------------------------------
1998   1    0    0    1    1    2

Conheça os resultados do Vasco na Copa Intercontinental no site Netvasco.

 

O Vasco no Campeonato Mundial de Clubes da FIFA (2000-)

A FIFA promoveu o seu primeiro Campeonato Mundial de Clubes em janeiro de 2000. Os participantes foram oito: seis representando respectivamente as confederações continentais, mais o vencedor da Copa Intercontinental anterior, e mais o campeão do país anfitrião, que foi o Brasil. A Conmebol apontou o Vasco como a sua representante, na qualidade de campeão da Copa Libertadores de 1998.

O Vasco terminou invicto e com a melhor campanha, mas perdeu o título mundial em disputa de pênaltis para o Corinthians. Os números da campanha foram os seguintes:

---------------------------------
 ANO   J    V    E    D   GP   GC
---------------------------------
2000   4    3    1    0    7    2

Conheça os resultados do Vasco no Campeonato Mundial de Clubes da FIFA no site Netvasco.