Confira a participação de Paulinho, campeão pela Seleção Sub-17, no programa 'Tá na Área', do Sportv

Segunda-feira, 20/03/2017 - 22:37


Um dos destaques da seleção brasileira na conquista do Sul-Americano sub-17, que foi disputado no Chile, o atacante Paulinho está confiante no sucesso da sua geração. Em entrevista ao programa "Tá na Área", o jogador do Vasco destacou a trajetória vitoriosa da equipe no torneio conquistado neste final de semana e disse que sonha dividir com os seus companheiros a experiência de defender o país na categoria profissional.

- Está tudo caminhando para acontecer. A gente está tendo a oportunidade de jogar na seleção e conquistamos o título. Se Deus quiser, vamos ter uma oportunidade no profissional. Claro que primeiramente vamos pensar na base. Cada clube tem o seu projeto com cada jogador. Primeiro vamos pensar na base para que, se Deus quiser, vamos conseguir subir para os profissionais.

Um dos companheiros de Paulinho no Chile, o Vinícius Júnior, do Flamengo, agora estará em outro lado no Campeonato Carioca sub-17. O atacante do time de São Januário fez questão de elogiar o seu amigo, mas afirmou que a amizade entre os dois ficará fora das quatro linhas.

- Fora de campo todos são amigos. Mas em campo as coisas mudam. Ele no Flamengo e eu no Vasco. O Flamengo também tem o Lincoln e o Patrick. O Fluminense também tem jogadores que já estiveram conosco. Ele (Vinicius Júnior) foi eleito o principal jogador da competição e nos ajudou muito.

Apesar de mostrar o desejo de ser integrado ao elenco profissional do Vasco, Paulinho reforçou que ainda está com a cabeça nas categorias de base e tem como objetivo de transmitir a sua experiência aos seus companheiros. O jogador garantiu que ainda não conversou com ninguém do clube cruz-matino sobre uma promoção.

- Em penso primeiro no sub-17. Espero uma oportunidade no profissional. Ainda não (existem conversas para um oportunidade na equipe principal). Amanhã eu vou ter um encontro com o presidente (Eurico Miranda). Talvez possamos conversar isso mais para frente. Mas eu primeiro penso na minha equipe sub-17. O meu maior dever é passar a experiência que eu vivi nessa competição para os meus companheiros de clube.

Dois anos depois, o time brasileiro levou com campanha irretocável o Sul-Americano sub-17 com direito a goleada sobre os donos da casa. Com exibição de gala, o time de Carlos Amadeu fez 5 a 0 sobre o Chile, no estádio El Teniente de Rancagua. É a 12ª conquista do Brasil em 17 edições do sul-americano da categoria.





Fonte: Sportv.com

|